No dia 10 de novembro de 2018, o Projeto Fritz Müller este na Praia do Moçambique (coordenadas -27.523673 e -48.421014), oferecendo uma atividade de observação sobre a flora nativa do sub-bosque de restinga aos condutores da polícia ambiental de Florianópolis. Estavam presentes os coordenadores do projeto Fritz Müller, Rogério e  Cristina Tonussi, a Sub-tenente Márcia Constantino (PMA-SC), a Bióloga Mônica Koch (EcoPAERVE) e os condutores do programa da Polícia Ambiental. O roteiro foi aprovado pela coordª. do IMA Adriana Nunes.

Objetivo: demonstrar a delicada inter-relação da floresta com sua respectiva fauna como também sua importância em propriedades medicinais. Tudo isso atrelado à necessidade de organização do sistema de visitação da praia. Visando aumentar o conhecimento da flora nativa, educar a população que usa a praia e coibir a lenta e gradual destruição deste ecossistema tão único da Praia do Moçambique. Foram encontradas muitas espécies nativas e também exóticas.

Dentre essas plantas nativas como: Pleopeltis lepidopteris (Polypodiaceae), Rumohra adiantiformis (Dryopteridaceae), Schinus terebinthifolius (Anacardiaceae), Rhipsalis sp (Cactaceae), Commelina diffusa (Commelinaceae), Alchornea triplinervia (Euphorbiaceae), Neomarica candida (Iridaceae), Myrsine umbellata (Primulaceae), Guapira opposita (Nyctaginaceae), Lantana camara (Verbenaceae), Ilex dumosa (Aquifoliaceae), Ilex theezans (Aquifoliaceae). Mikania cordifolia (Asteraceae). Austroeupatorium inulaefolium (Asteraceae), Mikania involucrata (Asteraceae). Petunia integrifolia (Solanaceae). Erythroxylum argentinum (Erythroxylaceae). Ocotea pulchella (Lauraceae). Eugenia astringens (Myrtaceae). Myrsine coriaceae (Primulaceae). Psychotria carthagenensis (Rubiaceae). Paullinia trigonia (Sapindaceae). Também encontramos plantas exóticas invasoras como: Pinus elliotti (Pinaceae). Eucalyptus grandis (Myrtaceae).

Deixe uma resposta