Lobinhos e escoteiros conferindo as folhas para ver se acharam a planta correta. #escoteirosdobrasil

Neste último domingo, 05/05/2019, a equipe do Projeto Fritz Müller para divulgação científica e educação ambiental, promoveu uma animada corrida de orientação para os escoteiros e lobinhos reunidos no Campo Escoteiro Paulo dos Reis, no Parque Estadual do Rio Vermelho. Na atividade a garotada dividida em dez grupos tinham que se orientar por mapas para encontrar e identificar espécies de plantas medicinais, em uma trilha farmacobotânica de cerca de 1,6 Km, que o Projeto Fritz Müller implantou no local.

De forma divertida, aproveitando um belo dia de sol e, mais importante, ao ar livre, os participantes puderam conhecer várias espécies nativas da mata atlântica, além de vários importantes motivos para preservá-las – suas propriedades medicinais! E mais ainda, aprenderam a diferença entre nomes científicos e populares, aprenderam como a morfologia das folhas ajuda a diferenciar as espécies, entre outros conceitos.

Outros seis finais de semana como este ao longo do ano estão previstos. Participaram desta atividade os professores do departamento de farmacologia da UFSC, Carlos Rogério Tonussi (coordenador do projeto) e Áurea Elizabeth Linder, as alunas de graduação Maria Cristina Tonussi (Biologia-UFSC), Angel Wagner Vieira de Oliveira (Farmácia-UFSC), os doutorandos do Programa de Pós-Graduação em Farmacologia da UFSC, Rosângela Mayer Gonçalves e Ruy Roberto Porto Ascenso Rosa, e os Pós-Doutorandos Eduardo Souza-Silva e Fabiana Dornelles Noronha, e o prof. Thomas Anderson Klauck.

O Projeto Fritz Müller é apoiado pela Pró-Reitoria de Extensão, pelo Departamento de Farmacologia e pelo Programa de Pós-Graduação em Farmacologia da UFSC. A realização desta atividade conta com o apoio e a parceria dos Escoteiros do Brasil, aqui representado pelo Prof. Mark Caldeira (diretoria regional de Santa Catarina dos Escoteiros do Brasil) e integra o Programa de Educação Ambiental do CEPR-SCENES.

 

Tipo de placa da trilha farmacobotânica

Em pé, esq. para direita, Rogério, Beth, Eduardo, Ruy, Fabiana, Angel, Rosângela, Cristina e Tomas. Abaixados, esq. para direita, Ana Peixoto, Mark e Andréa Caldeira.

Será que estamos no caminho certo? #escoteirosdobrasil

Deixe uma resposta